quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

O Pequeno Príncipe

(Essa é a versão narrada no filme, não no livro que está um pouco diferente.)


"Quando a rosa apareceu pela primeira vez eu tive medo que fosse um baobá. Mas aí ela floresceu, numa bela manhã na hora do sol nascer ela floresceu.
Me disse que sou egoísta, pois fico o tempo todo apenas olhando para ela e admirando sua beleza e não me importo com suas necessidades.
Ao indagar de que necessitava pediu-me água.
Levei água para ela. Levei todos os dias, fiz tudo o que podia por ela.
Ela sempre reclamava, dizia que eu não a amava, que a deixava a beira das correntes de ar, com muito frio.
Não conseguia entender aquilo, não conseguia entender a rosa.
Eu a amava, mas era tão infeliz.
Nesse momento comecei a perceber que não entendia nada mesmo.
Então decidi deixar o meu planeta e sair pelo universo em busca de conhecimento, tentar aprender alguma coisa.
Na verdade não foi certo eu deixá-la, mas na época nem isso eu entendia.
Era jovem demais...
Isso foi há um ano atras e tudo que aprendi desde que a deixei foi que nunca devia tê-la deixado.
Não se deve nunca escutar as flores não é?
Não soube compreender coisa alguma! Devia tê-la julgado pelos atos, não pelas palavras. Ela me perfumava, me iluminava... Não devia jamais ter fugido. Eu simplesmente devia ter adivinhado a ternura sob os pobres ardis daquela rosa. São tão contraditórias as flores! Mas eu era jovem demais para saber amar..."

Sera que meu namorado é assim? Me deixou por ser jovem demais pra saber que me ama?
Mas se ele diz que me ama... no Natal ele me pediu em casamento... disse que eu sou a mulher pra casar com ele, que eu o esperasse mais um pouco, mas que seria so comigo que ele se casaria, e que nos ainda vamos ter o nosso filho.
Ha 3 meses nos perdemos o nosso bebê.
Ele me prometeu outro filho, eu queria tanto um filhinho pra eu cuidar...
Eu queria muito saber o que acontece com meu namorado, odeio muito o fato dele não me ligar, odeio a atenção que ele dispensa pra outras garotas, garotas que ele diz que não são especiais, mas que o julgam extremamente especial.
Eu sei que pelo trabalho dele muitas o buscam para fotos e para outras coisas mais.
E ele é muito lindo, eu so queria um pouco daquela atenção que ele dá para as fãs.
Uma foto abraçado a mim pra guardar no coração...
Eu estou me sentindo como o pequeno principe.
Não consigo entender o meu namorado e me sinto infeliz demais.

Por que ele foi embora da minha casa? Ele devia ficar comigo... Ele não me escolheu... Não escolheu ficar comigo... Talvez por ser muito jovem...
Então ele ta agindo como o pequeno principe? Partiu em busca de conhecimento para depois de um ano entender que nunca devia ter partido?
Foi isso que o pequeno principe disse ao aviador, "na verdade não foi certo eu deixá-la, mas na época nem isso eu entendia. Isso foi há um ano atras e tudo que aprendi desde que a deixei foi que nunca devia tê-la deixado".

Será que ele um dia vai voltar pra ca? Ou vai viver sempre assim, me dizendo pra ir ficar com ele nas ferias e feriado sem ele nunca vir até aqui...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário